O Pilar Ritmico

Se encuentran abiertas las postulaciones para el curso "El Pilar Armónico"

Costumo dizer que a música possui 3 pilares: Rítmico, Harmônico e Melódico.
Trabalhar e integrar os 3 Pilares nos traz autonomia  do processo de aprendizado musical, assim como uma visão da música como um todo, expandindo as possibilidades criativas de composição, arranjo, improvisação...

Dos 3 pilares, o mais difícil pra mim sempre foi o Rítmico. E tenho percebido essa mesma dificuldade nos meus alunos do curso de Improvisação e Criatividade. Por isso vou compartilhar algumas das ferramentas que utilizei e ainda utilizo para minha expansão Rítmica. 

 

O Pilar Rítmico

O Ritmo faz com que a história se passe em um tempo-espaço.

É quem organiza nossas ideias e pensamentos, trabalha a dicção do discurso. Quando um fraseado não sai bem explicado, é porque ritmicamente está desorganizado.

É o ritmo que conecta, que possibilita tocarmos juntos. Devemos estudar para internalizar a subdivisão, para fortalecer nosso ritmo interno.

Pulsação interna - Como desenvolver?


- Saber detectar o pulso da música e conseguir mantê-lo, batendo o pé
- Saber estudar a subdivisão 
- Trabalhar os acentos nas 4 semicolcheias - independência motora
- Reproduzir as claves rítmicas dos estilos (saber batucar os grooves dos ritmos que vc toca)
- Saber estudar com metrônomo 

Palavras - chaves: conexão, constância, organização, pulsação, fluxo, ordem